Canção do Bandido

Press Release

“Canção do Bandido” é o novo single e videoclipe dos WACK

WACK acaba de lançar o primeiro single do novo EP Quem Tem Visa Teu Amigo É. O videoclipe da música “Canção do Bandido” já está disponível em www.wack.pt e promete ser a grande aposta dos WACK para 2017.

Canção do Bandido revela-se um tema inspirador que nos mostra o quão importante é nunca desistir dos nossos sonhos. Para os WACK, o tema Canção do Bandido reflete também a caminhada deste projeto no mundo da música onde agora começam a ver os primeiros frutos dos últimos quatro anos de trabalho e dedicação.

O EP Quem Tem Visa Teu Amigo É com edição prevista para o final do ano é um disco que vem cimentar a ligação do pianista André Gomes com o projeto. O EP conta com seis músicas, onde os WACK transformam temas simples do dia a dia em realistas introspecções dançantes, mostrando-nos um lado mais maduro mas ao mesmo tempo irreverente dos WACK.

Os WACK estão neste momento a planear a sua tour de apresentação do novo disco que teve início no dia 29 de Setembro no Coliseu Porto ao lado de Jimmy P e diabo na Cruz.

Para mais informações referentes aos WACK, marcação de entrevistas ou outros, por favor contactem-me directamente através de joao@tuff.pt ou +351 910 500 055

Download de press release

Nota de imprensa

WACK lança “Canção do Bandido” como 1º single do novo EP Quem Tem Visa Teu Amigo É. O videoclipe já está disponível em www.wack.pt.
 

No Coliseu do Porto

Foto de Nuno Machado

 

Foto por Nuno Machado

Foto de Nuno Machado

Um vídeo publicado por WACK (@wackpt) a

Contactos

  • Label
    João Paiva
  • Email
    joao@tuff.pt
  • Tel.
    (+351) 910 500 055

Downloads

>> Biografia
>> Single Canção do Bandido .mp3 | .wav
>> Fotografias Oficiais
>> Links úteis
>> Logótipos: .png | .ai

WACK EPK

 

Biografia

WACK podia ter nascido entre amigos à volta de uma fogueira numa das praias da Ericeira mas não. WACK nasceu regado em cerveja, improvisos e discussões sobre preocupações sérias, entre irmãos criados por concertos e festas Hip-Hop underground na zona de Lisboa.

 

WACK, um projecto fusion de música RAP com Funk, Soul e Jazz, nasce em 2012 após a edição do álbum Dia e Noite por TANB e Dikas. Na disputa para saber quem é o mais WACK (palavra hiphopiana para algo mau ou sem qualidade), a dupla junta-se ao DJ Ketzal e ao produtor/beatmaker Raw Muzik e editam em 2013 o EP Contra Fracos Não Há Argumentos.

 

Contra Fracos Não Há Argumentos apresentou-nos a primeira fase do que este projecto nos tem vindo a mostrar e introduziu este projecto para os espectáculos ao vivo. O EP conta 9 temas diferentes que simbolizam a busca do som WACK e  só o foi possível com as participações do WACK de longa data, Ferry (no tema Gajo Certo) e de Joana Campelo nos coros e melodias. Este trabalho foi misturado e masterizado por Michael Ferreira aka MIC na Sine Factory.

 

É também em 2013 que TANB, por motivos pessoais, é obrigado a emigrar. Nem mesmo a distância abrandou o crescimento desta família que decidem expandir-se cada vez mais.

 

Em 2014, o Dikas estava tão farto de ouvir o César dizer que WACK só ia funcionar quando tivesse uma banda por trás que o convidou a juntar-se a família. Com o César veio o Mosca, seu parceiro no Hot Clube Lisboa, para completar a secção rítmica do projecto. Esta integração foi tão simples que parecia que esta nova dupla já era WACK desde 2012.

 

Em 2015, e fruto desta junção, nasceu o EP Sem Pés Nem Cabeça, produzido apenas pelo projecto e editado pela Music In My Soul.

 

O EP, misturado pelo Zé X-Acto Caeiro, fala-nos sobre “ser WACK”. WACK para os próprios simboliza o fugir das expectativas, o quebrar de conceitos e o assumir de individualidades.

 

A sonoridade vem da mistura de gostos pessoais. Os ambientes jazz, funk e rock presentes não fazem com que se perca a verdadeira essência WACK do grupo, perdão, RAP do grupo. Neste EP pode-se ainda ouvir a voz já indispensável de Joana Campelo.

 

Em 2016, os WACK convidaram o teclista André Gomes para os acompanhar num concerto importante no Club B.Leza. Correu tão bem que nunca mais saiu do projeto.

 

De palco em palco, seja pequeno ou grande, a Família WACK tem vindo a multiplicar-se provando que estes WACKs não são os únicos a não respeitar os critérios de “bem parecer” impostos na sociedade.

 

#wack4life
#onceyougowackyounevagoback

 

>> Download Biografia
>> Ver biografias dos músicos: Dikas, César, TANB, Muzik, Mosca, André e Ketzal

 

Entrevista – Popular FM

 

Dias de Sol – Ao vivo na RDP Internacional