QUEM?
Mosca

BIO

Nascido em São Miguel,  este WACK teve uma infância relacionada com arte, música e ciência.

Começou a tocar bateria num tambor dos escuteiros, aos 5 anos. Desde então viveu sempre com andas como The Police, Sting, Dire Straits, Supertramp, Phil Collins, Van Hallen, entre outras, é nos Pink Floyd que tem a sua maior influência. Entre as suas brincadeiras de rua na sua infância, nos Açores, uma delas era imaginar que eram músicos e imitavam bandas como Limp Bizkit, Rage Against The Machine, Korn, entre outras e foi aqui que criou a sua primeira bateria com baldes, caixes de cerveja e tampas de panelas.

Só aos 16 anos conseguiu comprar a sua primeira bateria e a partir daí formou várias bandas de covers e originais. Aos 20 anos “conheceu” o jazz e a música psicadélica dos anos 70. Trabalhou quase três anos como Desenhador Técnico num gabinete de arquitectura até que, depois de ficar desempregado e com muito apoio da família rumou a Lisboa para o Hot Clube.

Além de ser WACK, é baterista de vários projetos como B Major (c/César), Gás Magenta e Stomping at Six.